Spin-off de “Sherlock Holmes” em desenvolvimento na HBO Max

Spin-off de “Sherlock Holmes” em desenvolvimento na HBO Max

Além de planejar uma série prequel de “It: A Coisa”, a HBO Max e Warner Bros. querem construir outro universo compartilhado entre cinema e TV, nos moldes que já fizeram “Pacificador” como série spin-off de “O Esquadrão Suicida”. A plataforma também terá Colin Farrell reprisando seu papel como Pinguim do filme “The Batman” em uma nova série limitada para a plataforma, além do serviço também ter em seus projetos uma série sobre o Asilo Arkham (anteriormente seria focada na Polícia de Gotham). Também há informações sobre um projeto de série de Bene Gesserit, de “Duna”, além de diversos outros projetos baseados em filmes.

Sobre o universo de “Sherlock Holmes”, foi divulgado na mídia americana que duas potenciais séries spin-offs do filme estrelado por Robert Downey Jr. e Jude Law estão nos primeiros estágios do desenvolvimento, tendo produção executiva do próprio ator junto de Susan Downey através da Team Downey, sendo que cada uma das séries propostas focaria em um personagem diferente. O casal Downey é responsável pelas séries “Perry Mason” da HBO e “Sweet Tooth” da Netflix. 

Robert Downey Jr., Susan Downey e Amanda Burrell serão produtores executivos ao lado de Lionel Wigram (da Wigram Productions), que produziu os dois filmes de “Sherlock Holmes”.

Diferente da série “Pacificador”, spin-off de “O Esquadrão Suicida” e o Pinguim de “The Batman”, que são construídas através de personagens existentes, as produções de “Sherlock Holmes” seriam focadas em personagens que ainda não foram introduzidos.

Há rumores que o plano era que os personagens fizessem parte da terceira parte da franquia nas telonas. Originalmente programado para lançamento em dezembro de 2020, o longa foi adiado para dezembro de 2021 e, por conta da pandemia foi novamente adiado, não possuindo uma data de lançamento. O futuro das potenciais séries dependem também do lançamento do terceiro filme.

Enquanto tentam conciliar a agenda de Downey Jr., tanto o ator quanto o diretor do terceiro filme, Dexter Fletcher, expressaram publicamente o desejo de seguir com a produção. O diretor substitui Guy Ritchie, responsável pelos dois primeiros longas.

“Sherlock Holmes” também foi estrelado por Rachel McAdams e Mark Strong e lançado em 2009, com direção de Guy Ritchie e roteiro de Michael Robert Johnson, Anthony Peckham e Simon Kinberg. A sequência, “Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras”, foi lançado em 2011, tambpem dirigido por Ritchie, com roteiro de Michele Mulroney e Kieran Mulroney. A sequência também teve no elenco Stephen Fry e Jared Harris..

A série de filmes (e potenciais séries) de “Sherlock Holmes” não são as primeiras adaptações da TV para o trabalho de Sir Arthur Conan Doyle. Outro integrante do MCU, Benedict Cumberbatch interpretou o detetive por quatro temporadas no drama “Sherlock” da BBC e PBS. Outra série recente foi “Elementary”, estrelada por Johnny Lee Miller como Holmes e Lucy Liu como Dra. Watson, ficou no ar durante 7 temporadas na CBS. Recentemente, o ator Henry Cavill (o Superman) interpretou o personagem no filme “Enola Holmes” da Netflix.

A HBO Max também exibe “Miss Sherlock”, uma série japonese em que tanto Holmes quanto Watson são interpretados por mulheres, uma co-produção entre a HBO Asia e Hulu Japan, enquanto a rival Netflix também rodou (a agora cancelada) “Os Irregulares de Baker Street”, série baseada em uma gangue de adolescentes problemáticos de rua na Londres vitoriana que são manipulados para resolver crimes para um sinistro Doutor Watson e seu misterioso parceiro de negócios, o indescritível Sherlock Holmes, possuindo apenas uma temporada.

Sigam-me os bons: