“Capitão América 4” confirma Julius Onah como diretor

“Capitão América 4” confirma Julius Onah como diretor

Depois de ser anunciado o desenvolvimento pela Marvel em abril de 2021, “Capitão América 4” só teve novidades quando Anthony Mackie assinou contrato para protagonizar o quarto longa do Cap. Nesta sexta-feira, tivemos a confirmação do diretor do filme: Julius Onah (“O Paradoxo Cloverfield”).

“Capitão América 4” será baseado nos eventos da série Disney+ de 2021, “O Falcão e o Soldado Invernal”. O criador e roteirista principal desse programa, Malcolm Spellman, está escrevendo o roteiro com Dalan Musson, um escritor da equipe da série. Na série, Sam Wilson, de Mackie, luta para aceitar o manto de Capitão América que Steve Rogers (Chris Evans) deu a ele no final de “Vingadores: Ultimato” de 2019, aprendendo a aceitar o título e o peso cultural que vem com ele.

O filme ainda não tem título oficial ou data de lançamento, mas as expectativas são altas de que a Marvel Studios possa anunciar ambos ainda este mês na San Diego Comic-Con, onde o estúdio se apresentará pela primeira vez desde 2019 após o cancelamento da SDCC em 2020 e 2021 devido à pandemia.

Também não está claro quem mais de “Falcão e o Soldado Invernal” – incluindo Bucky Barnes de Sebastian Stan (também conhecido como Soldado Invernal), John Walker de Wyatt Russell (também conhecido como Agente Americano), Sharon Carter de Emily VanCamp (também conhecido como Mercador do Poder) ou Valentina Allegra de Fontaine de Julia Louis-Dreyfus – estariam se juntando a Mackie no filme.

Nascido na Nigéria, Onah frequentou a escola de pós-graduação de cinema da NYU e seu filme de tese, o longa de 2015 “The Girl Is in Trouble”, foi produzido por Spike Lee. Ele foi então contratado por J.J. Abrams para dirigir um thriller espacial de ficção científica que acabou se tornando o filme da Netflix de 2018, “O Paradoxo Cloverfield”. No ano seguinte, o drama indie de Onah, “Luce”, estreou no Sundance Film Festival com ótimas críticas por examinar as pressões enfrentadas por um casal branco (Naomi Watts e Tim Roth) e seu filho adotivo negro, Luce (Kelvin Harrison Jr.).

Sigam-me os bons: