Tragédia interrompe produção de “Rust”, com Alec Baldwin

Tragédia interrompe produção de “Rust”, com Alec Baldwin

Nesta quinta-feira, uma tragédia no set de filmagens de “Rust” fez com que a produção do filme fosse interrompida. Infelizmente, a diretora de fotografia Halyna Hutchins veio a falecer após um disparo acidental de um arma, feito pelo ator Alec Baldwin. O diretor Joel Souza se feriu e foi levado ao hospital, onde ficou internado e já passa bem.

O Departamento do Xerife de Santa Fe confirmou que recebeu um chamado de emergência onde o filme estava sendo gravado e confirmou que o disparo foi efetuado pelo ator. Halyna Hutchins, de 42 anos, chegou a ser levada de helicóptero ao Hospital da Universidade do Novo México, onde foi declarado o óbito. O diretor Joel Souza, de 48 anos foi transportado de ambulância ao Centro Médico Regional Christus St. Vincent, onde recebeu tratamento para os ferimentos.

De acordo com o boletim divulgado pelas autoridades policiais locais, a investigação permanece aberta, as testemunhas estão sendo ouvidas pelos detetives e nenhuma prisão foi realizada. O ator Alec Baldwin foi questionado pelos investigadores e liberado. Em fotos divulgadas, o ator é visto falando ao telefone em lágrimas e choque após o incidente.

Segundo informações do Deadline, o membro do elenco, posteriormente identificado como Baldwin, não tinha ciência do tipo de munição presente na arma. Um representante da produção informou que a “produção foi interrompida no tempo atual” e que “a segurança do elenco e equipe permanece sendo nossa prioridade máxima”. Tradicionalmente, um preparador de armas é responsável pelas armas de fogo e a segurança das mesmas em sets como o de “Rust”.

Assim que as notícias do falecimento da diretora de fotografia Halyna Hutchins começaram a circular na mída, diversos atores, atrizes e sindicatos da área expressaram seu remorso e choque com a situação.

Não é a primeira vez que uma morte ocorre por arma em set de filmagens. O ator Jon-Erik Hexum faleceu em 18 de outubro de 1894, no set da série “Cover Up”, quando ele acidentalmente atirou em si mesmo na cabeça com uma arma carregada com cartuchos vazios. Em 1993, Brandon Lee, filho da lenda das artes marciais Bruce Lee, morreu após uma parte do cartucho atingir sua espinha no set de “The Crow”. Ambos os incidentes foram determinados como acidentes após investigações.

No primeiro boletim de segurança adotado pela Indústria informou sobre o perigo de munições vazias, dizendo que “Cartuchos vazios podem matar, trate todas as armas de fogo como se estivessem carregadas”.

“Rust” é estrelado por Alec Baldwin e foi escrito e dirigido por Joel Souza. O elenco também possui Travis Fimmel, Brady Noon, Frances Fisher e Jensen Ackles. Joel Souza e Alec Baldwin escreveram a história. O longa é produzido por Baldwin através da sua produtora El Dorado Pictures, ao lado de Matt DelPiano através de sua Cavalry Media, Ryan Donnell Smith pela Thomasville Pictures, Anjul Nigam da Brittany House Pictures e a dupla Ryan Winterstern e Nathan Klingher da Short Porch Pictures. Allen Cheney, Emily Hunter Salveson, Christopher M.B. Sharp e Jennifer E. Lamb atuam como produtores executivos do filme, que tem o financiamento da BondIt Media Capital e da Streamline Global.

A história de “Rust” segue o infame fora-da-lei do Velho Oeste Harland Rust (Baldwin) que possui uma recompensa por sua cabeça pelo tempo que consegue lembrar. Quando seu neto Lucas (Noon), de 13 anos, é declarado culpado por um assassinato acidental e sentenciado à forca, Rust viaja para o Kansas para libertá-lo da prisão. Juntos, os dois fugitivos precisam despistar o legendário agente federal Wood Helm (Ackles) e o caçador de recompensas Fenton “Preacher” Lang (fimmel) que estão seguindo suas trilhas. Segredos escondidos surgem das cinzas e um vínculo familiar inesperado começa a se formar enquanto a dupla de fugitivos tenta sobreviver à fronteira americana imperdoável.

Halyna Hutchins tinha 42 anos e se graduou em 2015, tendo diversos curtas em sua carreira, além do filme “Archenemy” estrelado por Joe Manganiello. Em 2019, ela foi nomeada como “rising star” (estrela crescente) pela American Cinematographer.

Sigam-me os bons: