Ed Sheeran é acusado de plágio em “Shape of You”

Ed Sheeran é acusado de plágio em “Shape of You”

Ed Sheeran está encarando um novo processo de plágio, desta vez pelo single “Shape of You”. O caso está sendo ouvido na Tribunal Superior de Londres, sendo a culminação de uma batalha judicial de 4 anos entre Sheeran e os compositores Sami Chockri e Ross O’Donoghue.

Chokri é mais conhecido sob seu pseudônimo Sami Switch, enquanto O’Donoghue é um produtor. Ele alegam que “Shape of You” tem similaridades com o single “Oh Why”, de Chockri. Sheeran é creditado como autor de “Shape of You” ao lado do cantor do Snow Patrol, Johnny McDaid e o produtor Steven McCutcheon (profissionalmente conhecido como Steve Mac).

Em 2018, Ed Sheeran, Johnny McDaid e Steven McCutcheon – ao lado da Sony/ATV Music Publishing, Rokstone Music Limited, Polar Patrol Music e Kobalt Music – abriram processos legais contra Chokri e O’Donoghue em uma tentativa de obter uma declaração legal dizendo que não havia violação de direitos autorais. Dois meses despois, Chockri e O’Donoghue emitiram uma reconvenção alegando violação de direitos autorais e pedindo indenização e uma conta de lucros, segundo relatos.

“Shape of You” foi um grande sucesso desde seu lançamento e em 2021 se tornou a primeira música no Spotify a alcançar 3 bilhões de streams. Contudo, a Performing Rights Society (PRS), que coleta os royalties em nome dos artistas, suspendeu os royalties em nome de Ed Sheeran, McDaid e McCutcheon enquanto a disputa está em andamento, de acordo com relatos.

Esta não é a primeira vez que Ed Sheeran é processado por infringir direitos de cópia. Em 2016, ele foi processado por seu single “Photograph” e dois anos depois foi processado em 100 milhões de dólares por “Thinking Out Loud”. Com “Photograph” houve um acordo na corte, mas acredita-se que a batalha sobre “Thinking Out Loud” ainda está em andamento.

O último julgamento, que deve durar três semanas, agora está sendo ouvido pelo juiz Zacaroli. Representantes de Ed Sheeran, Sony Music Publishing, Sami Chockri e Ross O’Donoghue não responderam aos questionamentos da imprensa.

Sigam-me os bons: