50 Cent está desenvolvendo live-action de “Xerø”, da DC

50 Cent está desenvolvendo live-action de “Xerø”, da DC

A G-Unit Film & Television, de Curtis Jackson (o 50 Cent), está desenvolvendo um filme live-action de “Xerø”, quadrinho de Christopher Priest da DC Comics, ao lado da Color Farm Media.

O filme seguirá um assassino do governo negro que arma a invisibilidade disfarçando-se de homem branco para se misturar anonimamente nos exóticos lugares do Casino Royale da elite internacional. Abrangendo o abismo entre isso e as ruas marginalizadas da cidade de East St. Louis, em Illinois, Trane Walker é um homem que vive em dois mundos, mas não se apropria de nenhum. “Xerø” conta a história de seu despertar moral e os perigos de vida ou morte que ele apresenta.

A G-Unit Film & Television irá produzir a adaptação ao lado de Erika Alexander e Ben Arnon pela Color Farm, e Joseh Illidge, que atua como CEO da recém-lançada companhia de produção e publicação, Illuminous. Enquanto “Xerø” começou como uma propriedade da DC Comics, os direitos para série foram revertidos para Priest em 2008, o que significa que a subsidiária da Warner Bros não estará envolvida no projeto.

Curtis Jacson é um ator, produtor, rapper e empreendedor que fundou a G-Unit Film & Television em 2005. Ele é produtor executivo, diretor e co-estrelou a série “Power”, sucesso da Starz, e fechou um contrato com a Starz e Lionsgate em outubro de 2018, que faz com que o universo da série seja expandido enquanto ele produz os spin-offs “Power Book II: Ghost”, “Power Boork III: Raising Kanan” e “Power Book IV: Force”. A empresa do 50 Cent já produziu “For Life” da ABC e “Black Mafia Family” da Starz que foi renovada para uma segunda temporada.

Em maio do ano passado “Confessions of a Crime Queen” recebeu uma encomenda de série na Discovery+ e a série “Let Me Hear a Rhyme” chegando no streaming americano da NBC, o Peacock. A WEtv também encomendou uma série da G-Unit, “Hip Hop Homicides” em janeiro. A companhia também está desenvolvendo outras séries como “Family Affair” para a ABC, “The 50th Law” para a Netflix e “Angel’s Playbook” e “Moment in Time” para a Starz.

Christopher Priest ficou conhecido por ser o primeiro escritor de história em quadrinhos e editor negro a trabalhar tanto para a Marvel quanto para a DC. Ele contribuiu com o roteiro e edição de diversas séries de quadrinhos como “Homem-Aranha”, “Lanterna Verde”, “Conan, o Bárbaro” e “Deadpool”, com suas edições de “Pantera Negra” sendo citadas como uma influência por trás do grande filme da Marvel e Disney de 2018.

Sigam-me os bons: