Dakota Johnson será a “Madame Teia” em filme solo

Dakota Johnson será a “Madame Teia” em filme solo

Seguindo o sucesso que “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” trouxe para a Sony, o estúdio continua a expansão de seu universo de personagens da Marvel e agora chegou a vez da “Madame Teia” que, segundo informações do portal Deadline, será interpretada pela atriz Dakota Johnson (“Cinquenta Tons de Cinza”).

S.J. Clarkson será responsável pela direção do longa, que terá roteiro de Matt Sazama e Burk Sharpless. Clarkson está atualmente dirigindo e produzindo a adaptação do romance “Anatomy of a Scandal”. Ela dirigiu um episódio de “Succession”, além de dirigir e produzir a minissérie “Collateral”. Ela também foi a diretora principal e produtora executiva das séries da Marvel “Os Defensores” e “Jessica Jones”.

Nos quadrinhos, a Madame Teia é usualmente retratada como uma mulher idosa conectada a um sistema de suporte à vida que parece com uma teia de aranha. Devido à idade avançada e condição médica, Madame Teia nunca lutou ativamente contra vilões. Por esse motivo, fontes do portal enfatizaram que é possível que o projeto se transforme em outra versão. Segundo insiders, devido aos poderes sensoriais psíquicos, ela é essencialmente a versão da Sony para o Doutor Estranho.

De qualquer forma, conseguir lançar uma propriedade liderada por uma mulher no universo da Sony para os personagens da Marvel sempre foi uma grande prioridade para o estúdio, considerando a longa lista de fortes personagens femininas que apareceram nos quadrinhos ao longo dos anos. Os executivos da Sony levaram um considerado tempo tentando descobrir quem ficaria com o papel principal, se encontrando com diversas atrizes do alto escalão. Nos últimos dois meses, a lista ficou menor, com Dakota Johnson disparando na “liderança” nesta corrida pelo papel.

A Sony segue seu sucesso após “Venom: Tempo de Carnificina” ter arrecadado mais de 500 milhões de dólares mundialmente, enquanto “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” se tornou o maior filme de 2021, com 1,7 bilhões de dólares ao redor do mundo, colocando o longa do Teioso entre as seis maiores bilheterias da história (sem ter sido lançado no maior mercado, na China).

Dakota Johnson praticamente começou o ano com seu aclamado papel em “A Filha Perdida” da Netflix. Seu filme “Cha Cha Real Smooth” apresentado em Sundance foi vendido para a Apple por US$ 15 milhões após estrear no festival. Seu próximo trabalho é no filme “Persuasion”.

Sigam-me os bons: