O monstro vai voltar! Cloverfield terá sequência direta

O monstro vai voltar! Cloverfield terá sequência direta

Não é de hoje que o tema sobre a (falta de) criatividade de Hollywood está em pauta e em alta. Agora, ela ganha um capítulo semelhante ao que James Cameron escreveu quando fez um reboot-sequência de Exterminador do Futuro, ignorando qualquer filme produzido depois de seus dois primeiros e construindo um terceiro como se fosse uma trilogia e todos os outros filmes foram delírio coletivo. Agora, o próximo a escrever um capítulo assim é Cloverfield: Monstro.

Lançado em 2008, foi anunciado no final de janeiro pelo The Hollywood Reporter, que a Paramount Pictures e a Bad Robot, de J.J. Abrams, estão trabalhando em uma sequência adequada e direta daquele primeiro filme, com Joe Barton responsável pelo roteiro e Abrams na produção.

Segundo a publicação, a continuação não seguirá o modo de filmagem apresentado em Cloverfield: Monstro, o found footage, modelo utilizado como se fosse gravado em primeira pessoa por algum participante do evento e que a gravação seria encontrada posteriormente por alguém e divulgada. A estratégia de filmagem ficou reconhecida pelo clássico A Bruxa de Blair e outros filmes do gênero.

A trama do filme original, de 2008, foca em um grupo de amigos presente em uma festa até que barulhos intensos e tremores são sentidos. Daí em diante, eles tentam escapar do ataque de um imenso monstro em meio a uma Nova York tomada pelo caos (e com a cabeça da Estátua da Liberdade), enquanto gravam tudo com sua câmera amadora. Na época, o filme foi muito elogiado pelo modo que apresentou a história e seu relativo realismo.

Porém, nem tudo são maravilhas e o filme ganhou dois filmes, que até então eram da franquia e deverão ser totalmente ignorados com a nova produção. Rua Cloverfield, 10, foi lançado em 2016 e tinha John Goodman e Mary Elizabeth Winstead como protagonistas. Posteriormente, em 2018, O Paradoxo Cloverfield contou com Daniel Brühl (O Alienista e Capitão América: Guerra Civil) e um grande elenco em filme produzido pela Paramount e comprado pela Netflix para distribuição, onde focava em uma nave espacial com cientistas que acabou desencadeando a aparição do monstro em uma realidade paralela.

Além do monstro e do nome dos filmes, a única conexão entre os filmes é a atriz Suzanne Cryer, que participou de Rua Cloverfield, 10, em personagem nomeada como “Mulher” e em O Paradoxo Cloverfield, onde foi uma repórter de TV.

Por sorte, os filmes que foram inicialmente lançados como autônomos e posteriormente incluídos na franquia, deverão ser esquecidos para que a sequência direta do filme de 2008 possa continuar esse universo adequadamente. Não há mais informações no momento sobre elenco ou maiores detalhes da continuação.

Sigam-me os bons: