Microsoft irá adquirir a Activision Blizzard

Microsoft irá adquirir a Activision Blizzard

O mundo dos games teve uma grande notícia na última terça-feira, quando a Microsoft anunciou que está adquirindo a rival Activision Blizzard em um negócio de 68,7 bilhões (!) de dólares (algo como 700 trilhões de reais), que definitivamente irá remodelar o setor de videogames. O negócio em dinheiro será o maior na história da empresa fundada por Bill Gates, fazendo com que a Microsoft fique no terceiro lugar entre as companhias de videogame mundiais, atrás da Tencent e Sony.

Com um preço de 95 dólares por ação, o acordo representa um valor de 45% a mais no valor dos papéis da Activision Blizzard na última sexta-feira.

As divisões Activision Blizzard fazem os mais diversos jogos, incluindo-se as franquias “Warcraft”, “Diablo”, “Overwatch”, “Call of Duty” e “Candy Crush”, além de suas ligas de eSports. A companhia possui estúdios ao redor do mundo com cerca de 10.000 empregados.

O mundo dos jogos teve um aumento exponencial durante a pandemia e este acordo é a mais recente combinação de empresas. Na última semana, a Take-Two Interactive, que lançou “Grand Theft Auto”, informou que irá adquirir a Zynga, responsável por jogos como “FarmVille”, em um negócio de 12,7 bilhões de dólares.

Embora não tenha sido divulgado sobre os planos da Microsoft em relação às franquias que estão sendo adquiridas junto à Activision Blizzard, começaram as especulações que a empresa americana poderá fazer com que alguns de seus jogos passem a ser exclusividade dos consoles Xbox, assim como a página MeuPlayStation já brincou em seu tweet abaixo:

Sigam-me os bons: