Dexter: Showtime anuncia data para retorno

Dexter: Showtime anuncia data para retorno

Após quase uma década desde que o serial killer favorito de todo mundo se afastou e virou um lenhador em 2013, Dexter está de volta, pelo menos no evento da Comic-Con@Home. O grande retorno do show para a Comic-Con contou com Michael C. Hall, Clyde Phillips (showrunner nas temporadas 1 a 4), os produtores executivos Marcos Siega e Scott Reynolds, além de Julia Jones, que estreará como um interesse amoroso de Dexter, chamada Angela Bishop.

Os representantes da série comentarão sobre onde encontrarão Dexter, um ex-técnico forense da polícia de Miami, que possui um passageiro sombrio em suas noites como um notável serial killer. A temporada especial de 10 episódios tem estreia marcada para o dia 7 de novembro. Clyde Phillips comentou sobre o que esperar:

É importante dizer que essa não é a 9ª temporada de Dexter. Nós queremos que tenham ideia de que quase 10 anos se passaram e nós estamos com Dexter vivendo em um outro lugar muito distante de Miami.

Nos diversos trailers e materiais divulgados até o momento, fica bem óbvia a diferença de locações, onde o novo local é exatamente o oposto de Miami, com a história se passando na nevada cidade de Shelburne Falls, em Massachusetts. A personagem Angela será a chefe de polícia da cidade e futura conexão de Dexter com a lei, enquanto ele se disfarça como Jim Lindsay. Seu novo nome é uma homenagem a Jeff Lindsay, autor dos livros que originaram a série do Showtime.

O retorno como série limitada foi anunciado pela Showtime em outubro passado, com Phillips e Hall a bordo do projeto. Mais tarde foi revelado que Jennifer Carpenter e John Lithgow retornarão para participações como seus personagens Debra Morgan e Arthur Mitchell (Trinity Killer) que morreram no original. Segundo notícias recentes, a volta de Lithgow será em forma de flashback.

Outras inclusões recentes do elenco incluem Clancy Brown, Alano Miller, Johnny Sequoyah e David Magidoff. O personagem de Brown será o vilão Kurt Caldwell, um homem do povo que não deveria ser encarado.

Sigam-me os bons: