“Futurama” será revivida – novamente – pelo Hulu

“Futurama” será revivida – novamente – pelo Hulu

Tão repetitivo quanto o tio Du reclamando de reboots, revivals e remakes é o cenário em que os serviços de streaming e emissoras criaram em que novos reboots, revivals e remakes são anunciados a cada dia. Depois de tantas “novas velhas” produções confirmadas recentemente, chegou a vez de Fry, Leela e Bender se prepararem para mais aventuras no século 31. Isso porque, depois de meses de negociações, o serviço de streaming Hulu encomendou 20 novos episódios da comédia animada de ficção científica “Futurama”, criada por Matt Groening e David X. Cohen.

A nova temporada da animação estreará em 2023 no serviço de streaming. Além do retorno dos criadores, “Futurama” contará com a volta da maioria do elenco de voz, onde na versão original possui os dubladores Billy West, Katey Sagal, Tress MacNeille, Maurice LaMarche, Lauren Tom, Phil LaMarr e David Herman. Desta lista, falta um dos três dubladores principais, John DiMaggio, que dubla o robô Bender e outra meia dúzia de personagens. O papel será reescalado após a primeira leitura de roteiro na segunda-feira. A decisão foi feita após as negociações de DiMaggio com o estúdio 20th Television Animation terem chegado a um impasse, mesmo que os dois lados tivessem o desejo do retorno dele ao papel.

Segundo o portal Deadline, DiMaggio, que já viajou o mundo promovendo o personagem e a série ao longo dos anos, foi abordado junto com o restante do elenco e, segundo fontes, a oferta feita ao dublador estava alinhada com a dos colegas West (Fry) e Sagal (Leela), que depois de um vai-e-vem, concordaram com um acordo, enquanto DiMaggio sentiu que a proposta não era competitiva com base no sucesso e reconhecimento do nome da série original.

Para “Futurama”, estes novos 20 episódios são esperados em duas partes, marcando o terceiro revival da série. É também a terceira série animada da Fox a encontrar nova vida, seguindo “Uma Família da Pesada”, que foi revivida pela emissora após fortes vendas de DVDs e “American Dad!”, que se tornou um sucesso na TBS.

“Futurama” iniciou sua trajetória pela primeira vez no período entre 1999-2003, antes da emissora encerrar a produção na quarta temporada. A animação retornou em 2007 com quatro filmes lançados diretamente para o DVD, que depois foram ao ar como episódios de 30 minutos no Comedy Central. Baseado no sucesso, semelhante à ressureição de “Uma Família da Pesada”, o Comedy Central encomendou novas temporadas da série, o que fez com que “Futurama” retornasse à televisão em junho 2010, antes de ser novamente cancelada três anos depois.

Nos Estados Unidos, as temporadas existentes de “Futurama” estão disponíveis no serviço de streaming Hulu, que está construindo seu próprio portfólio de animação adulta e original. No Brasil, a série pode ser vista no Star Plus.

Durante sua exibição, “Futurama” venceu seis Emmy Awards, incluindo dois prêmios de Melhor Programa Animado. A série também levou sete Annie Awards, dois Environmental Media Awards e dois WGA Awards. Através das temporadas exibidas em duas décadas, 140 episódios originais foram produzidos, com o – até então – último episódio indo ao ar em 4 de setembro de 2013.

“Futurama” foi criada por Matt Groening e desenvolvida por Groening e David X. Cohen, produzida pela 20th Television Animation (parte da Disney Television Studios), com Rough Draft Studios, Inc. contribuindo com a animação. A série foca na vida de Philip Fry (Billy West), um entregador de pizza de 25 anos que acidentalmente se congela em 31 de dezembro de 1999 e acordo mil anos depois com uma nova vida e um novo grupo de amigos “diversos” incluindo Leela (Katey Sagal), um capitão amável e durão de um olho e Bender, um robô que possui características e falhas humanas.

Sigam-me os bons: