Hit & Run é cancelada pela Netflix

Hit & Run é cancelada pela Netflix

A Netflix escolheu não renovar para uma segunda temporada o thriller de espionagem geopolítica “Hit & Run”, co-criada, produzida e estrelada por Lior Raz, de acordo com o Deadline. A notícia de cancelamento chega apenas um mês e meio após a estreia da primeira temporada na plataforma de streaming, que deixou um final em aberto no encerramento da temporada.

“Hit & Run” também é estrelada por Sanaa Lathan, Kaelen Ohm, Moran Rosenblatt e Gregg Henry, e havia sido bem recebida pelos críticos e espectadores, com notas superiores a 70% nas métricas oficiais e feedback da audiência. Porém o drama, que teve a primeira temporada impactada pela pandemia, filmada em New York e Israel, custava muito à streamer.

Devido ao fechamento da indústria cinematográfica, a primeira temporada de nove episódios demorou três anos para ser produzida. A série estreou em 6 de agosto e despontou no Top 10 de audiência no streaming na primeira semana. Porém, foi a única vez que o thriller apareceu entre os primeiros lugares, com outras séries originais da Netflix como Virgin River (recentemente renovada para mais duas temporadas) e Outer Banks no topo.

A série foi criada e escrita por Lior Raz e Avi Issacharoff, co-criadores e produtores executivos da série “Fauda”, da Netflix, e Dawn Prestwich e Nicole Yorki, criadores da comédia “Z: The Beginning of Everyhting”, da Amazon.

“Hit & Run” é centrada em Segev (Raz), um homem felizmente casado que tem a vida virada quando sua esposa é morta em um acidente com fuga em Tel Aviv. De luto e confuso, ele procura pelos assassinos de sua esposa, que viajam aos Estados Unidos. Com a ajuda de uma ex, Naomi Hiks (Lathan), ele descobre terríveis verdades sobre sua amada esposa e os segredos que ela guardava dele.

Na luz do sequestro que fechou a primeira temporada, mandando Segev a um novo caminho, os showrunners Prestwich e Yorkin disseram em entrevistas que a esperança era levar a série para pelo menos duas ou três temporadas.

Sigam-me os bons: