Cinemas da Alemanha começam a reabrir

Cinemas da Alemanha começam a reabrir

A Alemanha se tornou o mais recente país a permitir que parte de seus cinemas iniciam a reabertura nas primeiras medidas de relaxamento do bloqueio de atividades por conta do Coronavírus. O governo alemão impôs uma série de restrições para permitir a ação, que está sendo realizada em nível regional, uma vez que áreas como a Bavaria, provavelmente levarão mais tempo para serem normalizadas, devido à quantidade de casos.

A primeira região a permitir a reabertura de seus cinemas foi Hessen, que possui pouco mais de 6 milhões de habitantes e inclui as cidades de Wiesbaden e Frankfurt e abriu as portas hoje, 15 de maio. A região possui 346 salas (de acordo com levantamento de 2019), mas a maioria permanecerá fechada, uma vez que diversos operadores alegaram que é simplesmente inviável para reabrir todas as salas nas condições atuais, especialmente considerando a taxa máxima de ocupação permitida, de 25 a 30%, dependendo da área.

Pelo menos dois cinemas decidiram seguir com a reabertura. O Astor Film Lounge, que fica no shopping center MyZeil, em Frankfurt, permite um máximo de 100 convidados dentro de qualquer uma das 5 salas disponíveis. Os filmes em cartaz são os sucessos dos últimos anos como Entre Facas e Segredos, Bohemian Rhapsody e Parasita, além de sucessos recentes como Magnatas do Crime e os filmes alemães The Kangaroo Chronicles (Die Känguru-Chroniken) e Transtorno Explosivo. O cinema também irá ofertar o clássico Bonequinha de Luxo.

Astor Film Lounge

A entrada só será permitida com máscara facial, a qual só poderá ser retirada após o espectador se sentar em seu lugar. Haverá distanciamento entre os compradores e os bares do local estarão fechados, embora os visitantes recebam um drink grátis na entrada.

O outro cinema aberto é o Kronberger Lichtspiele em Hessen. Com uma única sala de cinema com o total de 181 lugares, os quais estão limitados ao máximo de 60 espectadores, com apenas um filme disponível, o alemão The Kangaroo Chronicles.

Os demais cinemas, embora estejam permitidos a reabrir sob as condições impostas, permanecerão fechados. Redes de cinemas como Kinopolis e Metropolis não devem abrir nenhuma de suas salas no momento. Além da quantidade limitada de assentos permitidos, também há a preocupação com a falta de filmes atraentes ao público, disponibilizados pelos distribuidores.

Em coletiva de imprensa essa semana, diversos operadores de cinema alemães expressaram suas preocupações com a falta de aderência do público com a reabertura. A associação de cinemas independentes alemães Cineplex, planeja o retorno para 4 de junho, enquanto o sindicato indica 2 de julho como data de preferência.

De acordo com o Deadline, inicialmente 15% dos cinemas da Noruega reabriram no último final de semana, com o número de espectadores considerado positivo o suficiente levando os cinemas locais a aumentar a confiança neste próximo final de semana, com maior número de pagantes.

Contudo, vale lembrar que os critérios abordados pelos governos, tanto alemão quanto norueguês, podem ser modificados a qualquer momento, caso sejam observadas alterações e aumento na transmissão local do vírus. E você, acha que os cinemas brasileiros voltarão à atividade quando e sob quais circunstâncias?

Com informações traduzidas do Deadline.

Sigam-me os bons: