Chloe Bennet deixa projeto de live action das Meninas Superpoderosas

Chloe Bennet deixa projeto de live action das Meninas Superpoderosas

A atriz Chloe Bennet deixou oficialmente o posto de uma das principais estrelas da adaptação em live-action das Meninas Superpoderosas do canal The CW, conforme a Variety. A atriz estava escalada para o papel da Florzinha na série que está sendo atualmente entitulada como Powerpuff.

A emissora chegou a deixar o piloto da produção na reserva depois de não aprovar a primeira versão gravada e pedir regravações para o primeiro episódio da adaptação. O projeto não foi inteiramente descartado, mas a saída de Chloe Bennet é mais uma baixa para o live-action.

Segundo fontes da revista, o estúdio Warner Bros. Television queria ampliar o contrato de Bennet quando a emissora solicitou a regravação do piloto, mas os conflitos de agenda da atriz forçaram a saída do projeto. A escolha da nova integrante deve começar no último trimestre do ano.

As atrizes Dove Cameron (Lindinha) e Yana Perrault (Docinho) continuam vinculadas à série. Outros personagens do piloto original incluem Donald Faison, de Scrubs, como o Professor Drake Utonium, Nicholas Podany, como a versão Macaco Louco chamada Joseph “Jojo” Mondel Jr., e Robyn Livery como Sara Bellum. Ainda há conversas para o retorno de todos ao novo piloto.

Powerpuff teve seu desenvolvimento anunciado pela primeira vez em agosto de 2020. Baseado na série animada da Cartoon Network criada por Craig McCracken, a adaptação foca nas pequenas super-heroínas como desiludidas jovens de 20 e poucos anos que estão ressentidas por perder sua infância combatendo o crime.

Heather Regnier e Diablo Cody foram os roteiristas de Powerpuff. Os produtores executivos incluem a dupla, Maggie Kiley, Greg Berlanti, Sarah Schechter e David Madden, enquanto os produtores são Erika Kennair, Berlanti Productions e Vita Vera Films em associação com a Warner Bros. Television. Maggie Kiley dirigiu e produziu o piloto original.

Sigam-me os bons: