The Flash: Hartley Sawyer é demitido da série

The Flash: Hartley Sawyer é demitido da série

A série The Flash voltará somente em 2021, de acordo com o canal The CW, mas um ator não retornará às telinhas quando a produção tiver novos episódios: Hartley Sawyer, o ator que dava vida ao personagem Ralph Dibny, o Homem Elástico foi demitido nesta semana após a descoberta de diversos tweets com mensagens ofensivas e misóginas.

Em comunicado oficial, a CW, Berlanti Productions, Warner Bros Television e o produtor-executivo Eric Wallace falaram sobre o desligamento do ator, que esteve presente na série na 5ª e 6ª temporada:

Em relação aos posts do sr. Sawyer nas redes sociais, não toleramos comentários prejudiciais com alvo em qualquer raça, etnia, nacionalidade, gênero ou orientação sexual. Comentários do tipo são contrários aos nossos valores e políticas, que visam promover um lugar seguro, inclusivo e produtivo para os nossos trabalhadores.

As postagens em questão foram feitas por Hartley através do Twitter, bem antes dele se juntar ao elenco da série do Velocista Escarlate. Após os tweets terem vazado nas redes sociais, o ator deletou sua conta na rede social. No Instagram, tentou se justificar através de um pronunciamento pedindo desculpas. Porém, através das palavras do produtor executivo, o protagonista da série, Grant Gustin se pronunciou:

Eu não tenho muito o que adicionar pois o pensamento de Eric são eloquentes e poderosos. Vou dizer que eu fiquei chocado, triste e bravo quando eu vi os tweets. Palavras importam.

As postagens de Hartley não serão divulgadas por aqui, pelo nível depreciativo desnecessário, além de princípios próprios, mas podem ser encontrados facilmente pela internet.

The Flash retorna em 2021 e no momento ainda não há nenhum rumor ou confirmação sobre como o ator será removido da série ou se haverá substituição. Vale lembrar que o Arrowverse já precisará trabalhar para a substituição de Ruby Rose, de Batwoman que decidiu sair da série por motivos próprios. Além de motivos não relacionados, os produtores irão substituir não só a atriz, mas a personagem também.

 

  • OPINIÃO:

Como fã do personagem The Flash e fã da série, o Tio Du chegou a publicar críticas de episódios por duas temporadas e gostou do personagem Ralph Dibny desde sua inclusão na produção. Como a maioria dos espectadores e fãs, fiquei extremamente surpreso e triste com a situação e já imaginava que a demissão do ator poderia vir, ainda mais após as manifestações que ocorrem recentemente nos Estados Unidos e a participação ativa da atriz Candice Patton, a Iris. Era questão de tempo até que essa medida exemplar fosse tomada.

É triste ver que alguém seja capaz desse tipo de comportamento, por inúmeros motivos, independente do ator alegar ter se tornado melhor. Como Grant Gustin disse, “palavras importam”. O triste também é ver que Hartley aparentava ter conseguido uma boa dinâmica com os outros personagens da série, tendo sua própria construção, mesmo chegando após anos que a série estava no ar.

Também é triste que o arco com seu par dos quadrinhos, Sue Dearborn, com quem o ator tinha uma boa química com a atriz Natalie Dreyfuss. Porém, é importante ressaltar que sentir a tristeza pela saída do personagem não significa que sua demissão não seja merecida. É normal ficar bravo e querer o ator longe de qualquer produção, mesmo que seja por palavras ditas há anos. Mas a medida exemplar do canal The CW é necessária e deixa claro que tal comportamento, atual ou não, é inaceitável e deverá se manter inaceitável não só na emissora, mas no mundo.

Ainda assim, o canal apresenta a falha que a Disney teve com o produtor James Gunn, que teve história parecida, demissão e recontratação. A falha é apresentada na aparente falta de verificação dos artistas que fazem parte da empresa. Embora seja extremamente complicado “investigar” cada passo que um ator já deu em sua vida, é importante que se saiba quem está sentando na mesa de sua sala.

Resta agora saber como a série explicará a saída do ator, se ele será apenas retirado como se nunca tivesse existido, se vão substituir o ator e ignorar qualquer menção à mudança ou se irão mostrar uma última cena do ator para justificar sua saída. Como a personagem Caitlin Snow disse no crossover Crise nas Infinitas Terras, era o primeiro crossover que o ator fazia. Mal sabíamos que seria o primeiro e único. O importante disso tudo é ter a consciência que palavras importam e tais atitudes devem ser não só repreendidas, mas não existirem. Palavras importam.